15 de março de 2009

Bom dia!


"Quando passei a interpretar 
minhas lágrimas...
percebi que nem todas 
eram de tristeza."

"Quando passei a interpretar 
meu sorriso...
percebi que nem todos 
eram de alegria."

"Quando passei a interpretar 
meus sentimentos...
percebi que nem todos 
eram de amor."

"Mas quando passei a interpretar 
minha alma...
percebi que pras lágrimas 
não serem de tristeza,
eu teria que dá um sorriso 
com alegria para que minha 
alma vivesse com Amor"

4 comentários:

João52 15 de março de 2009 10:25  

concordo inteiramente com essa tua maneira de pensar... quantas vezes se sorri para esconder uma lagrima?
quantos sorrisos ficam por se soltar para não mostrar o que se sente?
quanta dor não é chorada para não mostrar o sofrimento?
quantos sorrisos forçados são dados para manter as apararencias?

a vida é feita destas contradições, mas o que fazer para se alterar esta situação???
é muito simples:
>basta n sorrir pa esconder as lagrimas, mas sim largar a lagrima para que depois se possa sorrir.
>não esconder o que se sente, mas sim abrir a alma ao mundo e deixar sair tudo o que se sente.
>não esconder a dor para nao mostrar a parte fraca, mas sim chorar tudo o que ha para chorar, para que nos possamos sentir mais leves.
>n forçar sorrisos para manter as aparencias, pois as aparencias iludem, mais vale n sorrir quando não é conviniente e mostrar a todo o mundo que algo não esta bem...

bom amiga isto tudo para te dixer que adorei o poema...

bjx

Lianara Kerkhoff **Lia** 15 de março de 2009 11:31  

Bom dia, querida amiga!
Nada como começar o dia lendo um texto tão lindo!
Adorei!

Beijos
Lia

PS....Ah!...ainda não vejo o meu selo no LINK-ME..ele aparece pra vc?

RITINHA 15 de março de 2009 15:13  

PASSA LA NO MEU BLOG E PEGA O LIK E O AWARD.

BEIJINHOS ENORMES

Aqui - Ali - Acolá 15 de março de 2009 23:26  

Bom dia Gleiciane:

Primeiro quero dizer-te que não tens que pedir desculpas por isto, pois é coisa que acontece sem que nós demos por isso amiga, comigo também já aconteceu o mesmo por uma pura distracção que não reparei no perfil, tudo bem contigo sobre isto sim?

Sobre este teu lindo poema, te posso dizer que é mais um que adorei, porque nele exprimes um sentimento de que é teu íntimo as coisas que se pensam quando são de uma forma, sendo bem interpretadas elas assim não o são.

Quando dizes assim:

Mas quando passei a interpretar
minha alma...
percebi que pras lágrimas
não serem de tristeza,
eu teria que dá um sorriso
com alegria para que minha
alma vivesse com Amor"


Quando percebeste que para as lágrimas não serem de tristeza, terás que dar um sorriso com alegria para que tua alma viva com amor, reflectes bem que basta um sorriso dado com alegria pura muda por completo a felicidade em nós.

É verdade amiga, basta um sorriso e a alma muda juntamente com o palpitar do coração.
Quantos não sorriem e são uns tristes na vida? Sim, porque sorrir é viver, é dar chama e alento ao nosso espírito, por muito que nós por vezes não sentimos essa vontade, se sorrir-mos para tudo aquilo que sorri para nós, o nosso ego se transforma totalmente.

Por isso amiga, com um sorriso de grande amizade, eu te digo que adoro teu blog que está um encanto, ele transpira alegria como uma ave solta ao vento num dia de Primavera.

Parabéns por tudo isto e pelo teu lindo poema que adorei.

Bjos e boa semana com muitos sorrisos te desejo.

 
Topo